Layout Industrial: Nasce uma nova Breton

Claudio Perin e Marcel Rivkind

Reorganização Operacional e Qualidade definem a nova Breton

Quem acompanha este Blog sabe que não costumo citar ou menos ainda detalhar qualquer das consultorias por mim executadas, sejam elas de otimização ou de reestruturação. Trata-se de questão da ética e sigilo contratual entre cliente e consultor. Contudo, o caso Breton foi especial, diferenciado e único em cada detalhe. Desta forma, com a autorização da direção da empresa e também como forma de incentivar o empresariado do setor moveleiro em momentos desafiadores, estarei resumindo o projeto desenvolvido nesta consultoria.

Em meados de 2017 fui procurado pelos Srs. Marcel Rivkind (Presidente) e Francisco Palmieri (Gerente Geral) acerca do desejo de remodelamento operacional da Breton com o intuito de torná-la mais eficiente e aperfeiçoar sua já então excelente qualidade. Como objetivo, a Breton enquanto organização, buscava portanto sua unificação operacional em uma planta moderna, eficiente, factível e dotada de poderosos recursos de acabamento.

Com base nas áreas operacionais existentes, traçamos um paralelo de como seria o espaço ideal para acomodar toda a operação e garantir adicionalmente um incremento percentual extra de performance ao negócio remodelado. Neste contexto efetuamos o levantamento das atividades operacionais vigentes.

Definidas as premissas para o novo espaço físico, a diretoria buscou galpões compatíveis com os pré-requisitos estabelecidos ou desejados no estudo, observando localização, custo e facilidades das instalações eventualmente selecionadas. Avaliamos conjuntamente poucas opções viáveis e ao final de novembro de 2017, ajustadas questões estratégico-comerciais, a ideia cristalizou-se na escolha ideal, o prédio da Papaiz, às margens da Rodovia dos Imigrantes em Diadema – SP.

Neste momento, iniciamos o projeto de fato. Revisão de todas as operações vigentes, dimensionamento de necessidades e compatibilização das atividades identificadas, fossem elas aperfeiçoadas, suprimidas ou modificadas. A fase de concepção do Layout Funcional foi portanto a base intelectual majoritária do trabalho desenvolvido.

Entre dezembro de 2017 e fevereiro de 2018 desenvolvemos e validamos semanalmente sucessivas versões de layout junto à diretoria até sua aprovação definitiva. Cabe ressaltar que o Sr. Marcel (engenheiro civil por formação), participou ativamente de cada detalhe desenvolvido, sempre colaborando de maneira efetiva e minuciosa em cada tópico abordado.

Com a ideia delineada, partimos para a aquisição de equipamentos/infra estrutura e detalhamento necessários ao novo cenário. A Breton tem o perfeccionismo no DNA, a reputação dos fornecedores e qualidade dos itens foi fator de supremacia frente à preço ou demais variáveis envolvidas. Da mesma maneira, toda a parte civil foi cuidada com muito bom gosto. A estética sempre sobrepondo o custo, porém com critério e muita austeridade, definiu o viés executivo do empreendimento. “A Breton não sabe fazer nada que não seja próximo ao perfeito, é o espírito da família Rivkind”.

fabrica Breton vista producao

Vista superior, preparação e testes de produção 

Conforme já detalhado, coube à minha consultoria o projeto operacional, dimensionamento, seleção/especificação de equipamentos e respectivo acompanhamento técnico do projeto. A execução de projeto em si ficou à cargo da BBORGES e o projeto de toda a Área Administrativa (escritório) subordinado à competência da qualificada Athié Wohnrath, um dos mais conceituados escritórios de arquitetura da América Latina.

Bom gosto, perfeccionismo e padrão estético definiram o andamento das obras do inicio ao fim. Foram 9 meses executando o projeto operacional (de dezembro a agosto). A entrega da área administrativa deve ocorrer dentro dos próximos 30 dias, no início de outubro. Neste contexto nasce uma nova Breton, mais dinâmica, eficiente e com um senso de qualidade ainda mais apurado, dada a ênfase dedicada às melhorias do já tão superior acabamento de seus produtos.

Posso afirmar que a qualidade Breton, sempre referência de mercado, teve seus processos revisados com o que existe de melhor em termos de equipamentos e tecnologia. O que já era “prime” tornou-se razão de ser em processos robustos voltados à produtos cujo design e acabamento final saltam aos olhos dos mais exigentes clientes.

Resumindo tal afirmativa, agradeço à família Rivkind pela confiança e generosidade ao convidar-me à materializar um empreendimento tão complexo, fascinante e diferenciado como este. Sintam-se representados individualmente todos os não citados neste artigo que participaram de maneira atuante na realização deste sonho, a Nova Breton.

fabrica breton panoramica

Vista superior das Cabines de Pintura

Sinta-se á vontade para expressar seu ponto de vista

      Deixe seu Comentário

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

      Register New Account
      Reset Password